1,70m e abaixo

uma grande parte dos brasileiros e brasileiras tem altura abaixo dos 1,70m pensemos em algumas soluções para pedalar.

menina pedalando bicicleta grande demais para ela.

menina pedalando bicicleta grande demais para ela.

as 29ers são apenas para pessoas de 1,80 e acima. é fato. eu tenho 1,70, pernas longas, braços longos e tronco curto. nunca achei uma 29er de qualquer marca que tivesse pelo menos 57 ou 58 cm de comprimento no tubo superior efetivo, que é o que importa nas medidas do quadro.

aliás, muitas bicicletas 29ers vendidas como tamanho 15 ou 16 polegadas e com comprimento das bicicletas MTBs de aro 26 de 18 ou 19 polegadas de tamanho. e o cinismo de alguns vendedores: um tentou me convencer que era uma questão de eu mudar minha “filosofia de fit”. pedi que explicasse essa “filosofia de fit” ao meu ombro zoado por 3 atropelamentos e diversas lesões….

o problema se acentua para quem tem menos de 1,65 de altura. e se pensarmos que o DNA de origem africana é espalhado pelo Brasil inteiro e é presente mesmo em pessoas que se dizem brancas, é pior ainda: as populações africanas possuem corpos com membros longos e troncos curtos. ou você acha que Anderson Silva ganhou o apelido de “Aranha” à toa?

pois bem, tronco mais curto pede quadro mais curto. sob pena de se pedalar com o corpo esticado pra frente, e a bicicleta perder agilidade por ser muito comprida: raio de curva maior.

claro, um quadro mais longo é mais confortável. mas menos ágil.

e como fazer um quadro curto com uma imensa roda na frente?

fabricantes recorrem a técnicas não muito legais. não raro os tamanhos menores de determinadas bicicletas possuem tubos verticais com ângulos mais eretos (exemplo: MTBs com ângulo de 74 graus, e não de 73, como costumam ter as MTBs, para permitir fazer bastante força pra subir), e caixa de direção com ângulos mais deitados, tornando as bicicletas mais lentas nas curvas. isso para deixar guidão e selim mais próximos.

a indústria brasileira, há décadas atrás, já tinha percebido a especificidades da população brasileira. as primeiras versões de bicicletas populares da Monark eram baseadas nos modelos europeus. lembrando que Monark também é uma marca sueca, copiada pela indústria brasileira. não à toa o freio de varão também é chamado de freio sueco.

duas gerações de lavradores no interior do Nordeste. a altura não é apenas questão de genética, embora muitos brasileiros sejam naturalmente mais baixos.

duas gerações de lavradores no interior do Nordeste. a altura não é apenas questão de genética, embora muitos brasileiros sejam naturalmente mais baixos.

eram bicicletas com rodas imensas e tamanhos grandes. mas como vender no interior do nordeste ainda fortemente impactado pela fome nos anos 50, 60 70 e 80 do século XX, com estatura mais baixa?

e mais ainda, como vender bicicletas para os inúmeros descendentes de ibéricos, portugueses e espanhóis, que nunca se caracterizaram por altas estaturas?

pois o brasileiro bem alto ou é descendente de algumas populações europeias específicas, ou de algumas etnias africanas não bantas, ou até de determinadas populações indígenas, como os xavantes.

ou seja, ter 1,70m e abaixo é quase a regra. a estatura média do homem brasileiro é 1,73m, atualmente, e da mulher, 1,60m. ou seja, uma boa parte dos homens brasileiros e quase a totalidade das brasileiras possuem menos de 1,70m.

quando a Monark percebeu isso, criou o seu grande sucesso de vendas, ainda em produção, copiado pela Caloi sem o mesmo sucesso: a Monark Barra Circular.

quem não conhece essa bicicleta?

e já notou sua geometria? rodas menores. usa ainda o 26 1 e 1/2, também conhecido como 27,5 ou 650b.  não só isso. essa bicicleta tem o quadro com o tubo superior abaixado. claro, nos primeiros modelos não tinha esse detalhe.

Plé em publicidade da Monark nos anos 1960.

Pelé em publicidade da Monark nos anos 1960.

primeiro tiraram as rodas aro 28 (ou 29, se você quiser a terminologia atual) e colocaram os 26 1 e 1/2, depois abaixaram o tubo superior. note essa Monark Barra Circular de 1969, já com o característico (e inútil) aro circular no meio do quadro, mas já com as rodas menores:

Barra Circular 1969.

Barra Circular 1969.

mas na década de 70, o milagre econômico ampliou o mercado consumidor de bicicletas. e aí a empresa abaixou e encurtou mais o quadro da Barra Circular.

note a geometria atual: o quadro superior mais baixo. a mesa com avanço quase inexistente para colocar o guidão mais próximo do selim:

Barra Circular 2016, com v-brakes

Barra Circular 2016, com v-brakes

mas mesmo essa bicicleta pode ser grande para algumas pessoas. pois a questão não é apenas a altura. mas também dimensões de tronco, como citei, e também o formato da bacia.

quanto mais largo o espaço entre os ísquios, maior a tendência a procurar um selim mais largo e portanto também procurar pedalar numa posição mais ereta – exigindo assim um quadro mais curto.

e aí até as 26 pode ser longas. o jeito é apelar para as bicicletas de aro 24. há cerca de um ano, comprei uma bicicleta aro 24 para minha sobrinha de 10 anos.  pois minha irmão, com menos de 1,60m de altura, adorou a geometria da bicicleta. não lhe era desconfortável, não exigia que esticasse o corpo inteiro para frente.

mas temos, nesse país, uma ampla gama de ofertas de bicicletas com aro 24? e pedivelas mais curtas, adequadas a pernas mais curtas?

Renata Falzoni já escreveu sobre a tirania da pedivela 175. 175mm! bom par apessoas com cerca de 1,75 de altura e mais. e imagine essas pessoas abaixo de 1,60 tendo que pedalar essas pedivelas que lhes são gigantes…. leia o artigo da Renata Falzoni aqui.

se fazemos uma pesquisa sobre pedivelas de 165mm de braço, a oferta é muito, mas muito pequena. quando deveria ser a maior oferta, tendo em vista o tamanho médio do brasileiro e da brasileira.

de fato, quem quer uma bicicleta confortável e tem menso de 1,70m de altura, tem que procurar. sendo homem e principalmente sendo mulher, onde as alturas menores são mais comuns. aliás, conforme esse texto do Nexo Jornal, o design pode acentuar a desigualdade de gênero.

lembre: bicicleta deve vestir como roupa. não é um carro. pois um grande jipe pode ser dirigido por uma pessoa baixa. mas uma grande bicicleta é para uma grande pessoa. e nessa hora vale a sua altura real. primeiro aceite seu corpo como é na realidade, não coo quer que os outros vejam. e daí compre a bicicleta e ajuste-a ao seu tamanho. pois nada deixa com aparência de ser menor do que usar uma bicicleta muito grande.

 

 

3 Respostas para “1,70m e abaixo

  1. “as 29ers são apenas para pessoas de 1,80 e acima. é fato” não é fato, é preconceito.

    Henrique Avancini 1,76m usa uma Cannondale 29.
    Nino Schurter 1,73m usa uma Scott 29.
    Jolanda Neff 1,68 usa uma SPZ 29.

    Alguns dos melhores ciclistas do mundo discordam de vc…

    • Competidores usam fits agressivos. Nas estradeiras, é comum ciclistas usarem guidões até 4 cm mais estreitos do que deveriam usar. Usam e depois de aposentados suportam as dores que vem disso. Eu não posso usar no dia a dia o fit que usei pra correr a 9 de julho, e se vc pesquisar, a grande parte dos usuários de bikes com aro 27.5 tem abaixo de 1,80. Olhe o mercado como um todo, e não só a ponta. Pois senão nunca vai entender as geometrias de granfondo, por exemplo.

      • “as 29ers são apenas para pessoas de 1,80 e acima. é fato” isso não é fato é preconceito.
        De acordo com o sua resposta acima o problema não é a altura da pessoa é o fit, no seu caso o problema pode ser o seu ombro…
        Ainda assim conheço um monte de meninas com menos de 1,70 bem encaixadas e se divertindo em suas 29ers,
        As 29ers são bikes que rendem mais, que tracionam melhor, que são mais estáveis e vencem obstáculos com maior facilidade. Agora se vc tem menos de 1,70m quer pedalar sentado na vertical e usar a bike apenas para passeio, aí concordo com vc as 29ers não não indicadas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s