TANDEM!

duas ou mais pessoas na mesma bicicleta! mais velocidade, mais peso, é tudo diferente!

nessa foto, meu avô, dois tio-s-avôs e um primo deles.  entre 1930 e 1940. meu tio avô Hempi à direita, foi quem fez essa longa tandem!

nessa foto, meu avô, dois tio-s-avôs e um primo deles. entre 1930 e 1940. meu tio avô Hempi à direita, foi quem fez essa longa tandem!

tandem é outro bicho. pense só nos problemas: montar um quadro longo que não parta no meio com o peso:  ligar uma pedivela à outra; montar rodas que aguentem o peso; ter freios pra lá de eficientes.

isso sem falar na pedalada cadenciada, com todos pedalando no mesmo ritmo.

mas por outro lado, é diversão: pedala-se bem mais rápido. ou mais leve, se preferir. ou alguém pedala por alguém também.

sem braçcos, Charles N. Tripp. sem pernas, Eli Bowen. c. 1890. ao que se sabe, montaram na bicicleta apenas para as fotos.

sem braçcos, Charles N. Tripp. sem pernas, Eli Bowen. c. 1890. ao que se sabe, montaram na bicicleta apenas para as fotos.

tandens existem desde o século XIX. e são uma boa opção para viagens em dupla, principalmente casais  que pedalam no mesmo ritmo.

casal em 1900

casal em 1900

mas com muito mais peso, é bom que se tenham ótimos freios. quando as bicicletas todas, ou quase todas, era equipadas com freios do tipo ferradura, tandens já usavam freios cantilever. hoje uma boa solução são potentes freios a tambor ou a disco. bem potentes mesmo.  os primeiros são preferíveis.. e porquê? freios a disco na roda dianteira implicam numa menor inclinação dos raios do lado esquerdo da roda. isso diminui sua resistência ao peso total da bicicleta com os ciclistas.

rodas bem reforçadas, de 40 raios ou mais, também são bem vindas.

partes de uma tandem

partes de uma tandem

mas também há que se pensar em outros detalhes. como, por exemplo, o guidão para o stoker – o ciclista que vai atrás .

da mesma forma, há que se pensar na transmissão da força da pedalada do capitão – ciclista que vai à frente – até a pedivela traseira, onde eventualmente estão as diversas coroas.

Jogo de pedivelas para tandem.

Jogo de pedivelas para tandem.

a boa regra manda que essa transmissão seja feita por corrente do lado esquerdo as pedivelas. isso implica num braço esquerdo específico para a pedivela traseira e numa pedivela específica para a frente. pois não dá pra simplesmente se montar ao contrário.

e então, par amontar a corrente dianteira, e mantê-la tensionada, uns usam um esticador, outros preferem uma outra solução: usar um movimento central excêntrico na frente, permitindo deslocar a pedivela dianteira alguns milímetros pra frente e permitindo o tensionamento da corrente.

as duas correntes montadas. clique na imagem e veja mais fotos dessa tandem.

as duas correntes montadas. clique na imagem e veja mais fotos dessa tandem.

note, na foto acima, que o câmbio dianteiro fica montado junto à pedivela traseira.

isso implica em usar também cabos mais longos. aliás, cabeamento par amontar uma tandem deve ser todo mais logo com, talvez, exceção do cabo do frio dianteiro.

sempre há uns mais inspirados que montam tandens em outros formatos além dos tradicionais. seja tandens triplas, quádruplas e etc. essas são mais comuns para uso em família.

tandem familiar. note a adaptação para subir a pedivela para as crianças alcançarem. existem peças específicas para se fazer isso. clique na imagem e leia mais sobre essa bicicleta em específico

tandem familiar. note a adaptação para subir a pedivela para as crianças alcançarem. existem peças específicas para se fazer isso. clique na imagem e leia mais sobre essa bicicleta em específico

outros formatos são sempre possíveis.

e claro, inclusive tandens reclinadas!

tandem Zöhrer, desmontável. clique na imagem pra saber mais sobre esse modelo.

tandem Zöhrer, desmontável. clique na imagem pra saber mais sobre esse modelo.

tandens podem ter quadros desmontáveis. em alguns casos, usando os S&S couplings, que são encaixes para se separar o quadro, alguns modelos podem ser customizados de forma a permitir que sejam montados com tandens para 2, 3 ou 4 pessoas, adicionando ou removendo partes.  claro, isso implica em também mexer no cabeamento e nas correntes.

tandem rodriguez. tamanho customizável. clique na imagem para saber mais.

tandem rodriguez. tamanho customizável. clique na imagem para saber mais.

pedalar uma tandem é sempre uma forma divertida de rodar por aí. e não apenas no asfalto, mas também no barro, em viagens e etc. pense nisso!

 

na terra também!

na terra também!

e por que não corridinhas? hehehehe

montem sua tandem, ache quem queira pedalar com você e vá se divertir!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s