administrando são paulo

de onde vem o trânsito?

é assim que alguns candidatos vêem e querem administrar são paulo… paulinho diz que ciclovias matam, serra diz que ônibus congestionam

enquanto isso são paulo concorre com moscou, nova delhi, pequim e outras grandes cidades do primeiro mundo…..

e depois o calvin que é tapado….

é… e eu vou de bike que eu ganho mais. e claro, é mais sexy!

Anúncios

6 Respostas para “administrando são paulo

  1. Fiquei espantado que só 52% dos motoristas acham que o trânsito melhoraria se o governo investisse mais em transporte público (dado retirado do link publicado no post). Os outros 48% acham o que então? Que basta alargar avenidas e construir pontes, túneis e viadutos? Claro, eu poderia citar diversas razões porque eu não acredito nisso, mas o melhor é pegar um exemplo concreto, e no Brasil esse exemplo tem nome e endereço: Brasília. Brasília foi uma cidade projetada do zero para o carro. Escolheram o local a dedo. Fizeram os eixões, os eixinhos, as tesourinhas, viadutos para todo lado, densidade populacional baixa, blocos comerciais entre os residenciais, etc, etc, etc. Tudo pensado para que uma pessoa de carro pudesse se deslocar tranquilamente. E o resultado? Trânsito. Quem visita Brasília nas férias não acredita que os carros possam travar numa cidade daquelas, mas travam! Se vc tem alguma dúvida que o carro é inviável, visite Brasília num dia normal (não férias) e você se convencerá que precisamos de outra solução. Em tempo, o que eu queria comentar mesmo é que já sabemos de onde saiu a mentalidade desses candidatos maravilhosos, eles representam 48% dos motoristas (lembrando que 48% dos motoristas não é 48% da população).

    • sabe aquela não percepção entre causa e efeito da tirinha do calvin? é a visão dos 48%… canso de ouvir de motorista que tem muito carro na frente, que falta construírem mais avenidas… 25% da área construída de são paulo é para estacionar carros! bom, prum povo que joga lixo na rua pra dedéu e fica reclamando de enchentes, que bate palmas pra ampliação das marginais e construção de avenidas em vales, e reclama de enchentes, o que é cuspir pra cima e depois ficar reclamando do que cai na testa? pois é….

    • lembrando sempre que Brasília, pode definição, não é cidade – é des-.

      Como uma maçã é uma des-cadeira, diria e.e.cummings.

    • Brasilia não dá certo para os carros não por erro de projeto. E sim pela anisotropia de velocidades. Assim: se todos os veículos (todos) trafegassem em velocidades mais semelhantes (ou seja limites máximos menores) o congestionamento seria muito raro.

      • sem dúvida. Mas isso corrobora para a máxima: Brasília não é cidade, e nem seria nestas condições que você descreveu. Seria apenas uma des-cidade (como uma maçã é uma des-cadeira, diria cummings), só que sem congestionamentos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s