o que levar num brevet de 300 kms

são as mulheres que pautam esse blog. agora é a sílvia…

vamos lá, a sílvia vai fazer o seu primeiro audax de 300 kms. e ela não vai de speed, ela vai de MTB. pode, claro que pode. se for de pneu slick, no máximo 1,5 pol de largura, dá (e pelo menos 65 libras de pressão).  ela pediu mais dicas, mas ela já brevetou os 200, não há muito o que acrescentar. mas ela pediu o post sintetizando o que eu já expliquei, para que outros vejam.

primeiro, vamos aos ítens obrigatórios.

1. bicicleta em ordem. parece óbvio, mas tem gente que esquece de dar uma revisada antes.

2. farol dianteiro. nada de pisca dianteiro branco, é farol mesmo. vc precisa enxergar à noite, na estrada, onde não tem poste de luz pra ajudar.

3. pisca traseiro decente, nada de knog frog. vc precisa ser visto a uma distância considerável.  já conferi isso na estrada. aquela luzinha cateye mais barata ilumina muuuuuuito mais que qq kng, mesmo aqueles com muitos leds. e pq isso? pq nos knogs da via, não há lente que direcione a luz para onde deve. ah, só tem knog? esquece, nem larga usando um troço desses. vá comprar sua luzinha com pilhas.

cateye: boa, barata, simples, eficiente. eu e o zapella vimos o andré com uma dessas há mais de 1 km de distância, na estrada.

4. colete refletivo. é obrigatório. seja ele dos mais caros ao colete em X de lixeiro que custa 10 pilas em lojas por aí. funciona? sim, funciona. no breu da estrada vc verá seus colegas iluminados…

5. capacete. não discuta, use. é regra. você não larga se não estiver usando e pode ser desclassificado se for pego sem usar.

agora vamos aos itens mais discutíveis, não estão nas regras, mas resultam do bom senso.

1. câmaras reservas, remendos, espátulas, bomba de ar. obrigatório não é. tem doido que não leva. ano passado no brevet 300 aqui de são paulo um ciclista aqui de sp confiou na sorte e…. furou o pneu e ficou pedindo ajuda nomeio do caminho. e se fosse o último? e se quem parasse não tivesse câmaras na mesma medida? não confie na sorte. leve pelo menos 3 câmaras e alguns remendos. precisa de tudo isso? precisa, vc pode ter 4ou 5 furos, mesmo sem ter feito besteira, como trocar uma câmara furada sem ter tirado do pneu o que causou o furo. sempre há sujeira na estrada.

2. leve um joguinho de ferramentas que tenha as ferramentas adequadas à sua bicicleta. não adianta levar só chave allen se sua bike usa freios cantilever que precisam de chaves de boca, por exemplo. lembre que vc mesmo tem que fazer seus consertos. apoio externo é proibido, salvo de outros participantes ou da organização. carro de apoio nem pensar. gera desclassificação!

3. chave de corrente: esse é um item de utilidade discutível. pois vc está fazendo um trajeto no asfalto. se sua corrente estiver em bom estado, e dado que vc dificilmente fará aquelas trocas de marchas abruptas que se faz no MTB, nas trilhas, dificilmente vc terá problemas com a corrente, salvo em caso de um tombo muito feio. e no caso de um tombo feio vc também não estará em condições de pedalar.

4. pilhas de reserva: é sempre bom. leve.

5. agasalho. se o dia está quente, a noite nem sempre está. e pode cair uma chuvarada em algum horário do dia. vento contra forte, uma descida, e a camisa molhada dá um frio danado. mesmo que seja um corta-vento não impermeável, ajuda muito! o importante é proteger o peito, não as pernas e braços.

o rasmussen não costuma passar filtro solar nos braços... dá pra perceber?

6. filtro solar. leve e use, a não ser que queira uma insolação.

7. água: duas caramanholas, das grandes, no mínimo. serão reabastecidas diversas vezes….

8. comida. aí um item um tanto controverso. comer vc vai. o que vai comer é que é preciso discutir. cada um usa uma receita diferente. tem gente que não toma gatorade, mas carrega maltodextrina. outros levam paçoca, ou rapadura. bananas desidratadas…. cada um tem sua receita.

a. pelo menos uma banana em cada PC, pois vc precisa de reposição de potássio. a não ser que vc queira desistir por cãibras. eu como uma ou duas. pelo menos uma das caramanholas está permanentemente abastecida com aquele gatorade laranja que é servido nos pcs. tomo trocentas caramanholas de gatorade durante um audax – antes que me encham o saco dizendo que meu rim é uma pedra, eu só tomo gatorade em audax. e não costumo ter cãibras nos brevets.

b. vc precisa de carboidratos. entupa-se antes de começar o pedal: vale miojo no café da manhã, muitos pãezinhos, com aquelas geléias do café da manhã do  hotel. esqueça esse troço de diet, light e soft nesse dia. a não ser que vc seja diabético (e portanto já sabe se alimentar), vc precisa de muita energia nesse dia. gelzinho de carboidrato? muitos. barrinha de cereal (que não seja light), muitas. coma os lanchinhos nas paradas. leve umas paçocas de amendoim: são levemente salgadas, alterne com as coisas doces pra não enjoar.

c. uma barra de proteína pra comer lá pro final da tarde.  ou algo protéico no meio do caminho.  vc precisa de proteína. lembre que vc não está fazendo exercício de longa duração, mas exercício de muito longa duração. 90% do que se acha por aí sobre exercícios de longa duração não dão nem pro lanche: são pra meras duas horinhas de pedal… (meu deus, quem são esses manés que acham que duas horas é exercício de longa duração?) seu corpo estará pedindo alguma reposição de proteína. se bater aquela vontade, do nada, de comer pão com ovo… pare em algum posto de gasolina que tenha uma lanchonete e coma o pão com ovo. é seu corpo pedindo.  uma boa é comer algo mais sólido quando tiver pedalado uns 150 kms, no PC2. mas não uma feijoada, nem uma picanha completa….

d. coma tudo picado, em pequenas porções… nada de passar a manhã inteira sem comer nada e na hora do almoço aproveitar que é sábado (e também a desculpa de que vai queimar tudo nopedal) e mandar ver numa feijoada! vc não  conseguirá pedalar direito depois. então, vá comendo algo a cada uma hora de pedal. uma paçoca. uma maçã, um gelzinho, uma barrinha, uma banana… mantenha seu estômago sempre digerindo algo. isso lhe dará sensação de conforto o tempo todo, e evitará aquela moleza típica da fome. uma coisa é ficar mole de fome em casa, outra coisa é desmaiar em cima da bike na descida de uma serra.

e. leve coisas de sabores variados. serve pro gel (pegue de diversos sabores, mesmo sabendo que são todos horríveis), serve pra barrinhas. serve pra frutas. evita-se assim enjoar

e. não tenha pudor de mandar ver numa coca-cola no meio da tarde. sem ser diet ou zero! tem bastante açúcar. tem sódio. tudo aquilo que faz mal no dia a dia mas seu corpo precisará durante esse pedal. aliás, coca-cola batida no liquidificador pra perder o gás é coisa que muito ciclista leva na caramanhola em muitos pedais por aí….

f. e vegans e afins devem carregar todas aquelas castanhas energéticas que costumam carregar. amendoins, nozes e etc.

claro, e não esqueçam de levar as planilhas, mapas e o passaporte. e mais ainda: muito bom humor. ninguém da organização ou dos participantes tem que aguentar chiliquinho de ciclista frustrado. não deu? ano que vem tem mais. e não esqueça, não tem carro de resgate. randonneur é autônomo. na pior das hipóteses  vá a um PC e comunique seu abandono. e preste atenção ao seu mau-humor. via de regra, neguim fica muito chiliquento quando já passou do limite do próprio corpo, tá se consumindo.

e claro, se vc dá um chilique, durante anos as pessoas lembrarão de vc como aquele que chegou no PC, jogou a bicicleta no chão e xingou todo mundo: a estrada, o mecânico das bikes, o asfalto, a organização, o trajeto, e sobretudo a altimetria.

não reclame da altimetria. dê uma olhada no brevet 200 dos cyclotouristes grenoblois, o BRA. abaixe a planilhinha. e veja como é legal um brevet de 200 kms com mais de 4.000 mts de altimetria….

joseph w. grimes. 306 kg (675 pounds), numa bicicleta cleveland. ele só andava de fixa. nunca fez um brevet....

Anúncios

12 Respostas para “o que levar num brevet de 300 kms

  1. Criarei coragem para fazer um. Mas não me sinto preparado, ainda.

  2. se der fraqueza, coca-cola! é comprovado, é garantido, tem em qualquer posto.

  3. Sobre o item “bicicleta em ordem”, é importante dar a menor chance para furos de pneus. É necessário desmontar os dois pneus e ver se a fita de aro está nova e bem posicionada, e se a fita antifuro está nova e bem colocada, com as extremidades lixadas para não ficar um dente na emenda, se o pneu não está com alguma coisa incrustada que pode causar um furo.

    Lubrificar a corrente (retirando o excesso). Levar óleo lubrificante para complementar a lubrificação nas paradas é uma boa, principalmente se chover.

    Sobre o protetor solar, lembrar de proteger nuca, ombros (mesmo estando com a camisa) orelhas e pescoço.

  4. oi odir,
    estou montando uma serie de artigos, que pensamos por no blog do audax brasil. já foi definido, Dicas 1 – bicicleta e peças, Dicas 2 – pontos de contato. estamos pensando em mais duas etapas, Dicas 3 -checklist, Dicas 4 estrategia. o conflito está sendo de incluir os pontos importantes, mas manter a materia simples e rápidamente legivel.
    abraços e bom pedal,

  5. Batatas cozidas com sal, podem pesar um pouco mais mas dão muita energia e repõem o sal necessário.

    Também é importante na semana que precede o Audax já acumular uma reserva de glicogênio e se hidratar mais do que o normal.

  6. odiiiiiiiiir brigada!!!

    anotei tudinho! minha bike foi hj pra uma revisão completa.

    qto aos outros itens já vou providenciar essa semana!

    me tirou muuuitas dúvidas. seu post foi óóóótimo!! brigada msm!!

    bjinhus e até o audax!
    =p

  7. Eu acho útil aquela lanterna de fixar na capacete, facilita na hora de ver planilha,cateye , trocar pneu, independente do farol fixo da bike .
    Ele vai iluminar na direção que seus olhos apontam e não somente para onde o guidão está direcionado.
    Com as 2 luzes ,eu posso jogar o foco de um mais adiante e outro mais proximo.

  8. Tem que ser guerreiro para esta preparado para esse teste de resistência,pra mim ainda falta muito parabéns vou refletir sobre tudo isso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s