20.000

20.000 é o número de visitas que esse blog recebeu do dia em que foi criado em 21/07/2010, ou pouco mais de seis meses atrás, até hoje. contém apenas informações básicas sobre algumas bicicletas, um ou outro post sobre algum dos meus objetos de desejo, muita coisa sobre bikes de cromo-molibdênio e suas variações como o cromo-molibdênio-vanádio, e muitos posts explicativos pra jeanne, que foi quem deu a idéia do blog.

que viu a jeanne de ceci e vê agora...

se há tantas visitas atrás de infos básicas não é pq o blog é bom, mas pq rareiam informações sobre bicicletas em português. isso é fato. não desenvolvemos ainda como se deve uma cultura da bicicleta, uma bicicultura.

a intenção nunca foi promoção pessoal. o blog não tem meu nome e tem apenas uma mísera foto minha, e fazendo careta. diz a regra já consagrada e sempre repetida pela nossa papisa renata falzoni: quem promove não se promove. não vivo de bicicleta. gostaria, seria divertido. mas vivo a bicicleta. é diferente. eu gosto. torna minha vida melhor.

verônica e sarinha

pelo jeito algumas pessoas partilham dos mesmos gostos. alguns amigos, com pena de mim e das minhas obsessões de vez em quando visitam o blog, inclusive corrigindo meus erros de escrita. pena que parte das discussões é feita no facebook, e não aqui, o que poderia enriquecer a leitura de quem por aqui aparece. meus amigos sabem muito de bikes, são eles que me municiam. opa, fizeram isso agora, o número agora é 20.003 visitas.

valdson, valverdes, shadow, célia, jeanne, canna

mas um dia chegaremos aonde quero: que esse blog tenha 5 míseras visitas mensais, de tanta informação que haja sobre bicicletas em língua portuguesa, espalhada por diversas páginas, blogs e etc. como o é hoje em dia em inglês. é incrível como temos infos em inglês, inclusive sobre assuntos que aqui no brasil se consideram tabus: misturar campagnolo com shimano, por exemplo. qq hora remonto uma bike do jeito que eu tinha: cubo shimano com cassete sram, câmbio traseiro campagnolo e alavanca de quadro indexada sachs…. era considerada a bike mais herege do pedaço, mas funcionava que nem um relógio. se alguém quiser me doar um quadro de cromo de estradeira antiga, com os pinos pra alavancas de quadro no tubo inferior do quadro, já aviso que aceito nos tamanhos que variam de 51 a 54 cms…. sou baixinho. claro, pode até ser de alumínio, se for um vitus. ou cannondale do início dos 90´s… hehehehe – aceito tb doações dos quadros de mtb de cromo dos anos 90. eu sei que sou carudo (concordo, sou cara de pau!), mas é nessas bikes por muitos desprezadas que circulo no meu dia a dia – eu as faço voltar à vida, sem necessariamente restaurá-las, mas limpando-as, lubrificando-as, fazendo sua manutenção. vc pode me encontrar em são paulo numa bike verde e roxa, ou numa preta, ou noutra azul e cromada, ou cinza, ou vermelha. talvez as encontre presas em algum paraciclo pois minhas bicicletas não são peças de exibição e de vaidade, mas de uso, não são espaçonaves, são… bicicletas. são veículos. me acompanham ao trabalho, ao lazer, à vida.

aline e willian

bicicletas são instrumentos fantásticos para a leitura da realidade. lemos o relevo melhor à bordo de uma bicicleta e também nos comunicamos melhor com as pessoas. percebemos o que há de melhor e pior nos humanos que nos rodeiam, como o motorista que hoje foi extremamente atencioso e delicado ao me proteger na rotatória da praça de campo de bagatelle, como também no pilantra que quase me derrubou da bike 200 metros adiante, na ponte das bandeiras, gritando no meu ouvido.

bicicletas são instrumentos. veículos. lembre disso. mas diferentemente dos veículos, bicicletas têm tamanhos, como roupas.

zapella, gola, talita e laura

use sua bicicleta. não a deixe empoeirada num canto. pedale, sua vida será melhor. os problemas continuarão: seu cunhado continuará um mala e sua sogra permanecerá… bem, uma sogra. mas vc terá mais motivos para sorrir, para ver onde vive com outros olhos, para descobrir que há uma outra dimensão nesse mesmo espaço onde sempre circulamos.

e se vc é da turma que gosta de usar só o que é de ponta, lembre-se que há quem use aquilo que vc não usa mais. o lado ecológico da bicicleta não está apenas no não poluir, mas também no reutilizar. não sabe o que fazer com aquele ergo da campagnolo de 8 velocidades? manda pra mim que eu tenho onde instalar e fazer funcionar, assim como aquele sti rsx de 7 velocidades. tem alavancas de quadro shimano dura-ace, ultegra, 105? campagnolo? huret? sachs? indexadas? de 7 a 10 velocidades? manda pra cá, eu uso. assim como ferraduras mais antigas, ou mesmo aquelas center-pull como das antigas caloi 10.

márcio, juliana

bicicletas não são pessoas. mas parecem ter alma. e vc pode não saber como é legal fazer um trajeto ao trabalho usando uma bicicleta de 8, 10 ou 20 anos de uso. ou até mais. com peças de boa qualidade, mas com apenas 21 ou 24 marchas no caso das mtbs, 14 ou 16 marchas no caso de antigas estradeiras, que já foram competitivas e muitas, mas muitas estão jogadas pelos cantos empoeirados de garagens. se não sabe o que fazer com aquela pinarello  de cromo ainda com 6 marchas atrás, ou aquela basso também em cromo já com 7 marchas atrás e alavancas no quadro, cuja roda traseira  ainda usa um antigo cubo de rosca, de catraca de rosca (uma catraca regina?), mande para cá. e ela resssurgirá numa bicicletada, ou indo ao trabalho, ou mesmo até fazendo um audax ou simplesmente indo para a estrada novamente, despretensiosamente, num sábado à tarde, num domingão de manhã. se não pelas minhas mãos (ou pernas), pelas mãos e pernas dos meus amigos e amigas.

um gordo e o silas

pois a tecnologia de bicicletas tem uma característica interessante e valiosa: a nova tecnologia não torna a antiga obsoleta, não no mundo fora das competições. o que está obsoleto no mundo da alta performance é muito usável no mundo exterior. o aço cromo-molibdênio tomou o lugar do aço carbono mas este não deixou de ser usado em bicicletas. o alumínio tomou o lugar do cromo-molibdênio mas este também não deixou de ser usado em bicicletas. o mesmo com a fibra de carbono que ora está tomando o lugar do alumínio. cada tecnologia que chega apenas acrescenta. apenas enriquece as possibilidades de escolha.

palmas, aragonez, um gordo e o dudu

este blog é para isso. é para difundir informações, permitir um uso melhor deste maravilhoso instrumento que é a bicicleta. trabalho de uma pessoa só, mas com contribuição de muitas, muitas, muitas: todos meus amigos. até agora são 128 posts, 317 comentários, um zilhão de palavras, fotos, desenhos. esteja à vontade para contribuir. quantas mais informações disponíveis, tantos/as mais ciclistas conscientes do pedal nosso de cada dia.

puts, tem tanta gente ainda pra colocar foto... cazzo, não cabe todo mundo. vai uma foto da bicicletada, mas leia-se: silvia, willian, liu, beni, mário, márcio, matias, mathias, jéssica, drielle, renan, albert, juliano, xpk, daniela, gabito, poço, larissa, gabi, gabi, gallo, falzoni, pasqua, evelyn, jp, paulo, kdf, aninha, frodo, elisa, patty, nataly, aleba, cabelo, guilherme, samir, rafa, wagner, joão, edu, ponêis, taíza, joel, nemax, tinho, denis, richard, rogério, psiqueira, bruns, daniel, wagna, isaac, raquel, diego, natália, marina, vitor, aylons, laércio, joana, lex, matheus, igor, maurício, polly, danilo, vivian, mig, arthur, leandro e tanta gente ainda pra citar que não cabe nessa legenda!

bom, há muito ainda que se fazer. este post está muito longo, tanto que as visitas já somam 20.018. tem gente pesquisando de pedivelas da shimano ao tec tec nas marchas da bike, o que é apenas efeito do câmbio desregulado. mas muita gente ainda não sabe disso. quer ajudar? continue visitando, mande umas pecinhas usadas, dê sugestões, deixe seus comentários, ou mesmo até reze para eu ganhar na mega-sena, que daí eu  monto a minha bike dos sonhos, com quadro sob medida e algum grupo de 10 ou 11 velocidades em alumínio escovado, selim de couro marrom combinando com as fitas de guidão.

até.  e se tiver algo que vc tenha dúvida e eu saiba responder, pergunte. se eu não souber, eu procuro. isso me faz muito feliz (quase tanto quanto falar mal do prefeito). pois a única coisa que só aumenta quanto mais se divide é o conhecimento. e se o conhecimento, por si só, não garante a felicidade, sua ausência quase sempre nos leva à tragédia. pedalemos pois, conheçamos o mundo para que conheçamos nós mesmos.

em tempo: o blog não é meu, é dos meus amigos. se gostou, obrigado, se não gostou, bata neles!

Anúncios

11 Respostas para “20.000

  1. como smp, mto bom! smp leu os posts novos e prometo q td q postar no facebook sobre ele posto aqui tb ta? rs qm sabe consguimos passar as “discussoes” pro blog tb! e brigada por me incluir no hall de amigos!

    sou mto grata aos meus veiculos não motorizados, denominados shitara e lori q tanta alegria me deram e me dão. grata tb aos mtos amigos q ganhei dps que elas passaram a fazer parte da minha vida! sem palavras pra descrever tamanha alegria! =D

  2. Grande Odir.
    Não digo grande de peso e sim de conhecimento e experiência.
    Parabéns pela marca e tenha certeza que suas palavras inspiram e motivam muitas pessoas!

    Adelante hermano!

  3. Aeeee gnomodir!

    Continua escrevendo os posts para dummies, vulgo eu, hehe. Estou aprendendo devagar, mas sempre…

    Parabéns pelas 20 mil visitas!

  4. Fantástico. Leio praticamente todos os posts. Ainda me sinto um tanto quanto burrinho nesses assuntos, mas em uns dez anos isso muda. Não tenho pressa. Tenho a vida toda pra pedalar minha bike e ensinar essas coisas para meus filhos e netos.

  5. E vc achando que só existia uma jeanne no mundo! Tem gente à beça que sabe até menos que ela! 🙂

    Tem sido um bom debate, siga em frente que tamo te lendo! 🙂

    • joão, como assim “tem gente À beça que sabe até menos que ela!” ???? – a jeanne é uma das maiores provas de que basta querer pra evoluir no mundo das bikes. e o blog é só pra distribuir info pra quem quer. hehehehe

  6. vou dizer uma coisa, apesar de vc pedir para eu pintar minha fixa de branco pra facilitar seu trabalho eu tenho seu blog no reader e respeito seus conhecimentos sobre a bicicultura e as bicicletas, abraço e continue escrevendo

  7. LINDOOOOOOOOOO!!!! nao tinha visto ainda esse post… e pode acreditar.. seu blog é leitura obrigatoria pra muita gente!! só tenha a agrdecer pela paciencia em compartilhar tanto conhecimento, tanta coisa importante..
    vc eh foda!!!
    🙂

  8. Odir,

    Seu blog já é fonte de informação garantida. Quando não tem artigos técnicos tem artigos filosóficos, gosto dos dois tipos! (-:
    Continue assim!

    Abraços.

  9. Vc me ensina sobre bicicleta e eu sobre filtros do yahoo!
    Troca justa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s