criação de ciclovias cria mais empregos do que rodovias

saiu no grist: ciclovias criam mais empregos.

n.y.

claro, eu tenho que colocar o link pra matéria, pois ninguém acredita nos meus argumentos. o link tá aí em cima.

mas não é novidade, a gente que anda de bike sabe o pq. não há mágica.

1. infra-estrutura pra bicicleta cria mais empregos por real investido do que rodovias, auto-estradas, mega-avenidas pois são mais baratas.

2. infra-estrutura pra bicicleta aumenta a mobilidade urbana, o que facilita a produção. diminui o gasto de transporte do empregado, do patrão. diminui os efeitos das falhas de transporte nas faltas dos empregados. exemplificando, num dia de chuva muito forte ano passado, o único professor da faculdade que começou a dar aulas no horário pois não chegou atrasado fui eu, o esquisito que pedala de gravata. todos os demais ficaram presos no trânsito. o mesmo ocorrem em falahs/grevesno metrô, ônibus e etc.

ponte em n.y.

3. bairros que possuem muitas bicicletas circfulando possuem uma bicicletaria em cada esquina. cada bicicletaria, além do dono, gera mais dois empregos, pelo menos.  ciclista adora passar em bicicletaria. enche a bike de traquitanas, compra câmara, buzina, pára-lamas, alinhas rodas, troca pneu. bicicleta dá manutenção, mas é baratinha, coisa de centavos às vezes, mas faz o dinheiro circular. assim como os mercados de bairro empregam mais gente por tonelada de produtos vendidos em relação aos hipermercados, o mesmo ocorre com bicicletarias  e oficinas de carros.

4. o predomínio da circulação de bicicletas em detrimento de carros ocupa menos espaço, portanto libera espaço urbano para ser utilizado em outras atividades.

munique

5. o ciclista urbano que usa a bicicleta para ir e voltar do trabalho já não é um sedentário. portanto, beneficia-se da atividade tendo melhor saúde. assim, falta menos ao trabalho e também custa menos ao serviço público de saúde. ele até fuma menos e bebe menos, pois se de bike não tem lei seca, mas tem a lei da gravidade. ele cai da bike.

ghost bike em são paulo

6. diminuem os gastos públicos de saúde em relação a acidentes. se estou bêbado e de bicicleta, não tenho como sair pedalando. mas se estou bêbado e de carro, eu sento no banco do motorista e saio barbarizando. mesmo sóbrio, de bicicleta, se atropelo alguém dificilmente essa pessoa morrerá ou terá ferimentos graves. mas se um carro me atropela….

brasil. não é montagem. o casal de bicicleta atropelado morreu. não poluíam e foram mortos.

claro, são inúmeros os exemplos de como podemos ter uma mudança no padrão de gastos públicos apenas interferindo no modo como as pessoas se locomovem.

mas claro, são paulo vai em direção contrária. privilegia-se o carro, expulsam a população mais pobre pra mais longe, o ônibus encarece, o metrô lota. qual a mensagem? “compre um carro!”.

Anúncios

3 Respostas para “criação de ciclovias cria mais empregos do que rodovias

  1. ótima matéria ODIR

    parabéns !!!

  2. O Rio de Janeiro também.
    A conhecida “cidade maravilhosa” é um grande cartão posta para se andar de bike…No entanto, a bike ainda é uma atividade para “loucos”.

    Dia desses, conheci um cara que trabalha na secretaria de meio ambiente do Rio de Janeiro. São eles que tem os projetos de ciclovias e afirmam que são contra mais ciclovias no Rio, pois acham que aqui é muito quente pra se pedalar. (é mole?)

    Segundo o mesmo sujeito, existem muitos interesses para que não hajam mais ciclovias no Rio. As empresas automobilísticas lutam contra a bicicleta como meio de transporte e “investem” para que não hajam mais ciclovias.

    Esse é o Brasil.
    …cada vez mais, eu penso que para usar a bike como meio de transporte, o cidadão tem que ter uma inteligência acima da média.

    • pois é, luiz, há lobby contra, mas quando falamos, parece que somos doidos citando alguma teoria da conspiração maluca…

      há lobby sim, pq eu já falei com gente da indústria automobilística. fazem lobby contra ônibus, metrô, bicicleta, moto, cavalo, o que for….

      o meio de comunicação que começa a bater muito na tecla sofre ameaças de perder anunciantes. é fato.
      há lobby em cima de parlamentares. governantes, até das construtoras, para que estas façam lobby tb pela construção de obras e etc.

      e realmente, usa a bicicleta ou o muito pobre, ou o cidadão de alta escolaridade, formal ou informal. é fato.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s