parkpre

já ouviu falar nas bikes da parkpre? não?

cristophe sauser numa prova de downhill, em 1993. a bike? uma parkpre.

a parkpre fabricou excelentes mountain bikes entre 1989 e 1998, quando fechou as portas. iniciou-se quando cozy yamakoshi, deixou a diamond back pra produzir suas próprias bikes. antes já havia projetado bikes pro gigante dos esportes americano, r.e.i., que vende bikes sob a marca novara.

yamakoshi foi um dos primeiros a perceber a capacidade de produção do oriente. e sim, claro, a produção dos quadros era feita em taiwan, mas sob seu rígido controle de qualidade.

as bikes eram muito boas para o padrão da época. basta dizer que, pelo que eu lembro, pelo menos dois campeões mundiais já andaram de parkpre: paola pezzo e cristophe sauser.

os quadros revelam um cuidado fenomenal na construção. são em solda TIG, não cachimbados. não suam os tubos de griffe, pelo menos nos modelos mais básicos, mas as soldas são muito bem feitas e os tubos são ovalados no ponto de contato da caixa do movimento central. esse detalhe aumenta de sobremaneira a rigidez lateral do quadro, ou seja, a transmissão da força imprimida sobre o pedal sofre menos perdas até chegar à roda.

paola pezzo. jersey de campeã mundial com o logo da parkpre.

bom, para se ter uma idéia do desempenho dessas bikes à época, eu colo abaixo os resultados da seletiva americana  para os jogos olímpicos de 1996. nesse ano, a parkpre não patrocinava mulheres. assim colo apenas os resultados dos homens:

MEN´S XC FINAL RESULTS

1.  Steve Larsen           Scott Intl         2:16:34.33
2.  Mark Howe              Parkpre            59.41 back
3.  David Wiens            Kona                  3:09.91
4.  Rishi Grewal           Klein                 3:49.98
5.  Rob Woods              GT-Aus                5:33.59
6.  John Tomac             Giant/Tioga           6:25.85
7.  Jimi Killen            Outland Designs       6:47.56
8.  Cadel Evans            Diamondback           6:50.68
9.  Jeff Hall              Breezer               6:57.20
10. Don Myrah              Trek/Volkswagon       7:45.73
11. Floyd Landis           TWP                   7:46.98
12. Andy Bishop            Gary Fisher           8:12.33
13. John Weissenrieder     Univega/Louis GA      9:03.96
14. Dale Knapp             Kemper Funds          9:33.18
15. Peter Webber           Gary Fisher           9:52.02
16. Andreas Hestler        Rocky Mountain       10:20.85
17. Ned Overend            Specialized/Mt Dew   10:34.88
18. Tim Rutherford         Ritchey              11:02.17
19. Paul Rowney            Giant                11:14.18
20. Luke Middleton         Slingshot            11:45.49

Men’s Downhill Final Results

1.  Brian Lopes            Mongoose              1:50.40
2.  Dave Cullinan          KHS                 3.02 back
3.  Toby Henderson         Ironhorse                3.43
4.  Mike King              Team GT                  3.47
5.  Pete Loncarevich       Parkpre                  4.05
6.  Jurgen Beneke          Schwinn                  4.13
7.  John Tomac             Giant/Tioga              4.73
8.  Joe Lawwill            Yeti/Ringle              5.23
9.  Geoff Scofield         GT                       5.42
10. Andrew Shandro         Marin                    5.66

Men’s Slalom Final Results

1. Shaun Palmer            Intense Fox
2. Pete Loncarevice        Parkpre
3. Eric Carter             Troy Lee Design
4. Cris O'Driscoll         Schwinn
5. Mike King               Team GT
5. Dave Cullinan           KHS
5. Jimmy Kight             Troy Lee Design
5. Kirt Voreis             Yeti/Ringle

notem que nas 3 modalidades as parkpre estavam pelo menos entre os cinco primeiros lugares.

eu tenho uma, um modelo mais “básico”. uma mountain comp 1996. pois bem, esse modelo “básico” vinah com grupo shimano stx-rc, que, à epoca, era considerado acima do alívio. a minha veio modificada, não usando mais as 21 marchas originais, mas 24 marchas. assim, cubo traseiro e câmbio traseiro foram substituídos por deore. e veio com v-brakes. pretendo restituir os cantilevers – stx-rc, já consegui – mas deixá-la com 27 marchas.

olha minha bike aqui. uma beleza, né?

o interessante é que foram das primeiras bikes a utilizar a geometria slooping, aquela em que o tubo horizontal do quadro é inclinado para trás, é mais baixo próximo ao seat tube. isso também aumenta a rigidez lateral do quadro.

é uma delícia de andar.

a parkpre encerrou as operações no estados unidos em 1998, mas continua em produção na itália, onde fabrica bicicletas em fibra de carbono, para estrada e MTB. um modelo de estrada, a k-light, pesa míseros 6,3 kg (o quadro pesa 800 gramas). ou seja, para correr uma corrida sob as regras da UCI, é necessário que se acrescente 500 gramas de lastro…..

é, são raras no brasil. e, por sorte minha, desconhecidas também.

Anúncios

4 Respostas para “parkpre

  1. nem sabia direito o que era slooping, a minha não é slooping, o tubo é quase perfeitamente horizontal !! abração

    • a tua é como minha trek antelope, com geometria tradicional. essa geometria tá voltando nas speeds pq é mais aerodinâmica. mas sumiu das mtbs. a minha parkpre tem uma angulação específica pra ser um demônio nas subidas. só falta uma suspa com trava pra ficar perfeita morro acima.

  2. É Odir solda TIG é uma das melhores e não é qualquer um que solda bem …
    tem que ter mão boa.

    Mário

  3. Amigo,

    ótima bike, mande um mensagem no meu email, possuo uma desta, vou providenciar fotos e te envio, temos uma NISHIKI

    abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s