2×10 no MTB

 

apontados os 14 pontos de troca de marchas.

 

demorou, mas apareceu. em fóruns de mountainbikers, há tempos aparecem posts de usuários que abandonaram as 3 corôas nas mountain-bikes. a terceira corôa apareceu nos tempos de 5 ou 6 marchas atrás, e era necessário ter marchas mais curtas. assim, 3×5 dava mais opções do que 2×6. maior número de combinações.

mas os cassetes foram aumentando o número de pinhões. primeiro 7, depois 8,  depois 9 e agora 10 nas peças de mountain-bike, e até 11 no caso da campagnolo, para grupos de estrada.

já com 9 pinhões muita gente percebeu que não usava mais a corôa menor. afinal, corôa 22 com pinhão 34 dá uma marcha tão curta que no plano parece que a corrente caiu, quando pedalamos, de tão leve…. 11-34 virou quase que padrão entre as bicicletas de 27 marchas, mas a coroa menor caindo em desuso. alguém teve a idéia de simplesmente retirá-la, e limitar o movimento do câmbio. outro percebeu que seria interessante montar a maior no lugar da corôa do meio e a do meio no lugar da menor, pois a corôa do meio permite que usemos um número maior de pinhões atrás, sem torcer tanto a corrente. mas demorou para um fabricante perceber essa possibilidade.

chegaram os cassetes de 10 pinhões. com 10 pinhões, com pinhões 11-36, a amplitude é imensa. e claro, com apenas duas corôas, as trocas ficam mais rápidas. a sram percebeu e lançou logo grupos com essa possibilidade: x7, x9, x0, xx, este último o primeiro a ter essa tecnologia.

a sram alega que tornou-se mais rápida troca de marchas na frente. se antes a coroa do meio permitia trocar marchas para baixo e para cima, agora só para cima, aumentando o número de pontos para troca.

alguns podem achar que se reduz o número de marchas e com isso temos perdas. mas nãoé bem assim. num sistema de 3 coroas, temos várias combinações redundantes (p.ex, 22X11 = 44×22, é sempre 2:1), e temos muita scombinações que são ou impossíveis de se encaixar ou ainda geram uma torção grande demais na corrente. isso ocorre quando colocamos na cora maior e no pinhão maior, ou pior ainda, na corôa menor e no pinhão menor. trabalhar assim no mínimo gera desgaste prematuro das peças, quando não quebra.

mais informações, simplesmente clique aqui.

Anúncios

3 Respostas para “2×10 no MTB

  1. Você já viu alguém usando? Recomenda?
    Sinceramente nem lembro qdo se alguma dia usei a coroa menor na minha bike atual. Me parece uma grande sacada da SRAM lançar.
    Você sabe se tem similar da Shimano? Minha relação é toda shimano.
    Valeu pela dica!

  2. Cara, brigadão.
    Meu atual já é XTR, mas é 3X9. Comprei num rolo muito doido que fiz no ebay.
    Vou ver se consigo trocar num grupo 2X10. O maior problema são as outras coisas: passadores, câmbios…. enfim, qdo sobrar um tempinho faço uma cotação.
    Mas foi bem legal descobrir no seu blog essa alternativa. Eu já estava pra mandar no email da bicicletada.
    abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s