surly long haul trucker

 

bonito, né? clique na imagem.

 

não me canso de falar nessa bike. ela une as características de duas bikes minhas: o conforto da minha antiga caloi 10, com seu slongos chain stays, e a leveza e resistência da minha trek antelope 830, pau pra toda obra.

 

jim modesto e sua surly LHT. clique na imagem.

 

a surly conseguiu colocar nesse quadro tudo o que precisa um cicloturista. é um quadro muito versátil. tem a traseira longa, de 46 centímetros, igual às das caloi 10 antigas, responsável essa distância pelo imenso conforto. isso sacrifica desempenho? um pouquinho, mas pra quem tá rodando 10 horas por dia, com 20 kg de carga, chegar 30 segundos depois não faz a menor diferença.

 

carregada, clique na imagem.

 

que mais ela tem? a dianteira alta, permitindo montar-s eo guidão numa posição confortável. tem os bosses no quadropra ontar freios do tipo v-brake ou mesmo canilevers. tem os bosses na lateral doquadro que permitem montar os trocadores de marcha, se quisermos, , com alavancas no quadro. se não quisermos, é só passar os cabos até o guidão.

 

aço 4130. essa é do marcos netto. clique na imagem e veja muuuuitas fotos.

 

tem espaço atrás e no garfo para montar rodas com pneus de 2 polegadas mais os pára-lamas…. e pequenos luxos, como 3 (três) locais pra aparafusar suportes de caramanhola, olhais para aparafusar bagageiros atrás e na frente (sim, nas laterais dos garfos!) e até espaço, no chain stay esquerdo, pra levar presos raios de reserva… que luxo, né?

 

com caixote, como seria se fosse do JP. mas é bike de menina. clique na imagem.

 

por outro lado, ela usa medidas padrão nas caixas de direção e de pedivela (do movimento central), e também dos cubos, do tubo do selim, para que se ache peças compatíveis em qualquer lugar do mundo. pois medidas exóticas dificultam muito acharmos peças por aí.

a internet tá cheia de fotos de gente que montou bikes com esse quadro. pelo jeito estão se tornando muito, mas muito populares entre os cicloturistas norte-americanos, superando a já consagrada trek 520 na escolha. a surly tem outras características: até o tamanho 54, permite apenas rodas de 26 polegadas. 56 e acima, o padrão é para rodas 700c, mas pode-s eencomendar também o aro 26.

a escolha do tamanho menor de rodas pros quadros menores tem lógica, revela um aimensa preocupação com a geometria. com pneus de 2 polegadas, rodas 26 têm o diâmetro dos aros 700c com pneus de 23mm. agopra, rodas aro 700c com pneus de duas polegadas são imensas. quadros menores com rodas grandes demais ou têm muita interferência dos pedais na roda dianteira, nas curvas (ou seja, o risco de tombo ou acidentes é maior)  ou usam um ângulo de caixa de direção muito pequeno pra jogar a roda dianteira lá pra frente, prejudicando a dirigibilidade, coisa que uma bike de cicloturismo, com todo o peso que pode vir a carregar, precisa evitar.

 

empacotada. clique na imagem.

 

por outro lado, a opção por aro 26 para tamanhos grandes, como o próprio fabricante sublinha no site, permite uma maior oferta de aros, raios, pneus e câmaras, e eles recomendam pra quem vai fazer viagens ao redor do mundo, ou seja, passando pelo terceiro mundo, ou seja, brasil…

 

ok, meio esquisita no tamanho grande com rodas pequenas. mas o que importa é a funcionalidade.

 

tem defeito esse quadro? tem. custa cerca de 400 doletas o conjunto quadro  garfo, nos e.u.a. ou seja, se fizermos a importação direta de consumidor individual via internet pagaremos muito (400 dólares + transporte e sobre tudo isso, no mínimo 60% de imposto. ou seja, um total de . aguardo algum inteligente brasileiro imprtar alguns no atacado pro preço baixar um pouco, aqui.

o videozinho acima, em inglês, permite que vejamos os detalhes.

Anúncios

2 Respostas para “surly long haul trucker

  1. Odir,

    Sabe aquele plano de desapego que comentei no Facebook, de vender umas coisas e tal? Um dos objetivos é juntar grana e montar uma LHT. Para uma série de viagens curtas ao longo do ano, e principalmente uma maior, em Cuba, no fim do ano. E mais que isso, quero montar uma bike mais “definitiva”, que fique comigo por muitos e muitos anos.

    Claro que tenho várias dúvidas. Que começam por “comprar inteira ou trazer só o quadro e aproveitar peças das minhas bikes atuais?”. Ainda estou pesquisando sobre o assunto, mas devo pedir mais uma vez sua consultoria, tudo bem?

    Abraço!

  2. Pingback: surly na estrada | as bicicletas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s