Arquivo da categoria: competição

tipos básicos de ciclistas

a classificação dos corpos humanos pode ser orientada por três tipos básicos. ectomorfo, mesomorfo e endomorfo.

michael rasmussen, um ectomorfo. pernas musculosas, mas finas...

michael rasmussen, um ectomorfo. pernas musculosas, mas finas…

claro, somos únicos dentro de nossas características, de nossas idiossincrasias, e raramente somos de um tipo puro. mas pode-se perceber uma certa predominância de um tipo. ou corpos mais ou menos intermediários. Continue lendo

bicicleta: esporte e transporte

os três maiores eventos esportivos do mundo, em ordem, são: copa do mundo de futebol. olimpíadas. tour de france. dos 3, 2 são quadrienais. o tour de france ocorre todo ano.

a bicicleta que eddy merckx usou para bater o record da hora em 1972. dá pra montar uma mais ou menos igual, aqui em são paulo mesmo.

a bicicleta que eddy merckx usou para bater o record da hora em 1972. dá pra montar uma mais ou menos igual, aqui em são paulo mesmo. – a original está exposta no metrô de bruxelas

se somarmos 4 edições do tour de france, ele passa de longe a copa do mundo em movimentação de dinheiro.

Continue lendo

paris-roubaix: o que suas bicicletas nos ensinam?

colnago c40, modelo que foi produzido de 1994 a 2003. talvez a bicicleta que mais tenha vencido a paris-roubaix.

colnago c40, modelo que foi produzido de 1994 a 2003. talvez a bicicleta que mais tenha vencido a paris-roubaix.

paris-roubaix, que nesse ano se realizou hoje, é uma das mais desconfortáveis clássicas (provas de um dia) do planeta. Continue lendo

lance armstrong: não é só doping!

e então lance armstrong teve seus 7 títulos de volta da frança caçados, e foi banido do esporte por doping, certo? sim, mas isso é só a ponta do iceberg.

george bush & lance armstrong, um afirmou haver armas de destruição em massa no iraque, outro afirmava que não se dopava...

george bush & lance armstrong, um afirmou haver armas de destruição em massa no iraque, outro afirmava que não se dopava…

a questão não é só doping. a questão não é só tomar substâncias proibidas. se fosse só isso…

Continue lendo

freios a disco em speeds

freios a disco em speeds… ora, por que não pensaram nisso antes? afinal, são freios bons! é isso que muita gente pensa, né?

gary fisher 29″. o freio segurou o disco, o seat stay esquerdo não aguentou a torção.

não é bem assim. não é só uma questão de adaptar.

Continue lendo

fibra de carbono – cuidado com os excessos

fibra de carbono na verdade é o nome que damos ao composto plástico, de resinas plásticas e tecido de fibra de carbono, que tem sido usado nos últimos anos em diversas peças de bicicleta.

cadê o o resto da bike?

eu tenho uma litespeed com um garfo de carbono – um garfo colnago force, reto, dum modelo que venceu algumas paris-roubaix, e estou montando uma trek 1500 slr que tem um garfo de carbono. afora isso, mais dois garfos de carbono de reserva. Continue lendo

lance armstrong perde 7 títulos do tour de france.

já escrevi aqui sobre doping e lance armstrong. aí estão minhas opiniões: a máquina que é o ciclismo pro tour induz ao doping e sim, sempre vi lance armstrong como um exemplo do doping, da hipocrisia que o sistema leva a existir.

um ex-campeão, agora solitário.

lance armstrong sofreu um longo processo na USADA, a agência americana anti-doping. perdeu. desistiu de defender-se quando percebeu que não havia defesa. Continue lendo

tour de france, o negócio. ESPN, o desperdício.

os três maiore$ mai$ lucrativo$ eventos esporttivos do mundo são, por ordem: copa do mundo de futebol, olimpíadas, tour de france.

bradley wiggins – sky procycling. primeiro britânico a vencer o tour de france. camisa com patrocínios em todas as direções.

Continue lendo

pinarello veneto

para correr l’eroica, a corrida onde vão bicicletas de antes de 1987 ou atuais com as características daquela época…

clássica. é o que se pode dizer.

manetes de freio com conduítes externos, e não sob a fita. alavancas de quadro. conduíte do cabo de freio traseiro preso ao quadro por braçadeira. quadro em cromo-molibdênio cachimbado. linda.

mais infos aqui.

mais uma bicicleta que a caloi perdeu a chance de produzir ao relançar a caloi 10…

eclipse!

magic carpet ride!

Nothing—absolutely nothing—beats steel’s magic carpet ride quality. It’s why magazines describe the most praiseworthy carbon and aluminum frames as being “steel-like.” Steel is the benchmark. And these bikes show you why.

Continue lendo