má administração paulistana mata mais um

hoje, às 8:30 hs, atropelado por um carro, por trás, morreu o ciclista lauro neri.

trabalhador. trafegava pela avenida eliseu de almeida. o veículo, um peugeot preto, placa DMC qq coisa, pegou-o por trás.

a avenida eliseu de almeida é rota de tráfego de ciclistas. trabalhadores. não tem faixa dominical pra passeio, não tem ciclovia, embora há uma ciclovia prometida para se entregar, ali, em… 2007!

claro, claro, foi uma fatalidade, foi um acidente, foi culpa do ciclista, onde já se viu andar de bicicleta, não é?

a responsabilidade é sim da prefeitura, da secretaria municipal de transportes, da companhia de engenharia de tráfego. é responsabilidade da desestrutura. responsabilidade da omissão do poder público. da falta de fiscalização acerca do excesso de velocidade nas avenidas. do estabelecimento de velocidades máximas altas que não dão tempo ao motorista para reagir. responsabilidade pela não construção de estruturas adequadas de proteção onde são necessárias.  do descaso.

parabéns prefeito, secretário… mataram mais um. fotos, tristemente fortes, aqui. sim, o líquido vermelho a colorir o asfalto, é sangue.

About these ads

18 Respostas para “má administração paulistana mata mais um

  1. Sem querer dar uma de CIS. Favor atentar ao fato que a única estrutura da bicicleta visívelmente abalada é a roda traseira, evidentemente obliterada de trás para frente pelo carro em questão.

  2. Os números frios

    Talvez o grau de progresso e evolução de uma determinada sociedade consista em avaliar a quantidade de mortes necessárias a se testemunhar para que alguém responsável pela infraestrutura que traz segurança faça algo. Parece que estão esperando o total de ciclistas mortos num ano passar o limite de 60, ou 65?
    Talvez haja um cálculo que determina que a partir do número X devam ser pintadas Y km de ciclofaixas semanais.

    A população cresce e as pessoas perdem a capacidade de integração, de união, de sentirem-se parte de um coletivo.

    E tudo começa a se resumir em números, linguagem da vida começa a ser usada para descrever a morte com distanciamento, o distanciamento necessário para que ninguém mais além de nós se envolva quando assiste um noticiário.

  3. Vamos respeitar nosso companheiro assassinado hoje e sua família. Não vamos divulgar essa foto! #NAOFOIACIDENTE

  4. Mais uma morte. O que está acontecendo é uma epidemia de mortes de ciclistas? Quando virá o tão propalado respeito dos motoristas? Meus pêsames à família de Lauro Neri

  5. Eu não vi foto e nem quero ver! Acho o maior desrespeito com a pessoa morta e com a família. Não divulguem a foto, não espalhem!!

  6. Claro, não divulguem a foto, né? Vamos colocar a foto do cachorrinho fofo na piscina, ou vamos colocar um desenho com florzinhas, uma mensagem positiva! Claro, vamos fechar os olhos…basta pensar: ” eu não vivo nesse mundo feio e bobo! Eu não vivo nesse mundo feio e bobo!”. Alguém tem uma dose de Soma ai para me vender?

    • Você pode fazer campanhas mostrando acidentes (assassinatos) e tudo mais. Você faz isso com atores ou com cenas da vida real com o consentimento dos familiares. Pode ser que antes da família receber a notícia a foto já havia se espalhado pelas redes sociais. É pela reciprocidade: se acontecesse isso com algum ente querido não gostaria de receber a notícia, ou ver seu corpo espalhado, pelas redes sociais.

      • Josezcréuzio Jr.

        Concordo, mas isso é praxe por aqui, simplesmente TODA a imprensa brasileira faz isso…. é fácil reclamar num blog (aliás, a foto foi retirada do site)… quero ver vc fazer com que o Datena pare de fazer isso! Reclama com ele lá, ok?

  7. Se na gestão da Marta Suplicy tivessem sido feitas as ciclovias que SP tanto precisa, não teríamos todas estas mortes…
    Era só as adminisitrações que vieram depois dela, dar continuidade no trabalho que deveria ter sido feito…

    • Ein??? Pq jogar a bomba de décadas, quase centenária, no colo da Marta? Ciclovias e o trânsito absurdo já existem faz muito tempo… Aliás, que ciclovia para transporte foi feita pelas “gestões” do vampiro e da barbie que está no poder???? Nenhuma! Antes que neguinho venha falar abobrinha, eu falo de ciclovia decente, que ligue algo, com comprimento razoável e com finalidade de transporte, não falo de ciclovia de brinquedo na beira do rio que não tem acessos e horário de funcionamento restrito, nem de calçada pintada, ops, ciclovia, de brinquedo da zona leste.

  8. Bom dia. A informação está errada ou foram 2 ciclistas mortos hoje pela manhã?

    Veja aqui no Terra onde consta outro endereço: http://bit.ly/Hc1MTa

  9. Eu concluo que tudo que move um embolo a favor de uma sociedade, ou contra uma sociedade é o dinheiro, a nossa economia cresceu, entretanto já mais a União, o Estado e a própria Prefeitura, ou seja, todo este conjunto irá mexer em algo que arrecada milhões e milhões para a contribuição ao PIB. Produto interno bruto. Vamos analisar o seguinte: um automóvel quando sai de fabrica e vai para as concessionárias já está pré estabelecido a carga tributária que um consumidor irá pagar, gastos com combustível do dia a dia que a produtora de combustível em nosso País é a Petrobras que por sinal é uma Estatal, ou seja do governo e mais gastos com as manutenções com os veículos, gastos com peças que já está embutido uma carga tributária alta, só nestes setores elevando o produto interno bruto do País, por outro lado temos as fabricas de bicicletas do País, lojas de bicicletas e oficinas de bicicletas para consertar as bikes, que aos olhos do governo e das montadoras que já tomaram conta de nosso território querem cada vez mais vender veículos auto- motores. Ao olhar do governo fabricas de bicicletas são considerados empresas pequenas que não utiliza o combustível, que aliás, a produtora de combustível é uma gigante estatal do governo que exporta combustíveis e derivados para fora do País. Esta é infelizmente uma visão ideológica e capitalista pelo governo e empresas gigantescas como as montadoras de veículo. É por esta razão que não fazem absolutamente nada, ou muito pouco a favor de nós que somos ciclistas. Para não prejudicar os setores automobilísticos e seus derivados. Por esta razão, no Brazil, é infinitamente mais seguro praticar um esporte indoor, ou seja, pagar uma academia para praticar esportes do que um esporte outdoor, que neste caso o uso de bicicletas, o risco, ou a segurança de nossas saúde e vidas está em nossas mãos e não nas mãos dos mautoristas.

  10. Pingback: Deu zebra na campanha de defesa de pedestres de SP | Planeta em Perigo

  11. Pingback: Deu zebra na campanha de defesa de pedestres de SP | Simone Tuasco

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s