fui atropelado!

raiva. e uma roda torta, um câmbio perdido.

esses foram os prejuízos. poderiam ter sido piores, confesso, poderia ter morrido.

mas o f.d.p. que me atropelou saiu impune. não consegui ver a chapa do carro, sei apenas que é um fiat palio, cinza. parou bem longe, e de longe viu que eu estava vivo e foi embora. evadiu-se. negou socorro, fugiu da cena do crime.

carro é uma arma que exige posse responsável. mas como responsabilizar os irresponsáveis? não há posse segura dessa arma.

um f.d.p. entra numa velocidade acima da permitida numa rotatória – praça campo de bagatelle, zona norte de são paulo, caminho obrigatório para mim, a alternativa é a marginal, eram cerca de 19 hs dessa segunda – eu cruzando, usando da preferencial, pois quem vem pela esquerda tem a preferencial, um dos acessos à rotatória um carro reduz, eu passo, o carro à sua direita vem acelerando forte e pega a roda traseira de minha bicicleta. a roda entortou, o câmbio entrou na roda, entortou a gancheira do quadro de cromo da minha specialized hardrock comp, 1999.

evadiu-se. não vai pagar o prejuízo. estava acima da velocidade. viu-me, pois outros carros viram minha bicicleta, com os faróis piscando, com todos os refletivos, como constataram os agentes da CET, os PMs e os bombeiros que me socorreram.

não precisei de socorro médico. só o ombro direito que voltou a incomodar um pouco. nada de maior dano. nem arranhão. todo encapotado num dia frio, todo coberto, apenas a luva e o ombro tocam o asfalto. capacete intacto.

o que me incomoda é saber que na praça campo de bagatelle não há câmeras pra filmar as ocorrências. ali acidentes são constantes e a CET não tem câmeras? isso é omissão. um dos pontos de maior movimento de são paulo, e isso ocorre.

a área necessita de sinalização para redução de velocidade. uma rotatória grande, e os carros aceleram, passam rápidos, seus motoristas se achando verdadeiros áses do volante. fui atropelado num trecho que já foi usado como pista para competições da fórmula indy. o imbecil que me atropelou deveria estar sentindo-se o próprio piloto de fórmula indy, o próprio corredor…

é isso o que a cultura do automóvel produz. o enaltecimento dessa pseudo virilidade em torno da velocidade. se é homem para correr, que seja para assumir o erro, e não negar socorro, fugir como um covarde. poderia ter me matado.

agradeço os socorros recebidos. os bombeiros e PMs que se revelaram ciclistas e compreenderam num piscar de olhos quem era o culpado. aos meus amigos albert e verônica, que foram até o local. carregaram minha bike, acalmaram-me.

e ao pilantra, que ouça essa música. e preste atenção na letra.

About these ads

39 Respostas para “fui atropelado!

  1. Que merda, cara, que raiva. Ainda bem que você está bem. Se você se estabacou no chão, mesmo que não tenha quebrado nada, vá ao hospital. Hemorragias internas fodem.

    Abraço (de leve) e melhoras.

  2. Fui dormir pensando que, independente de ser ciclista, pedestre, motoqueiro ou motorista, é preciso ter respeito pela pessoa ao seu lado. E isso parece não existir mais. Estamos em guerra.
    Que bom que está bem mesmo.
    Apesar das ausências de câmeras da CET, vale procurar por câmeras de seguranças próximas? Não conheço a região… não há prédios, estacionamentos ou qualquer outro estabelecimento por perto que podemos procurar por câmeras?
    Bjs e boa sorte!

    • jéssica, não tem prédios. sem câmeras. foi numa parte que é usada para a fórmula indy… calcula. o fato é que o povo dirige com o botão de “foda-se” ligado. o que tem que ter é radar e limite de 40 por hora na cidade inteira…

  3. Lembrei de uma convera outro dia com um amigo sobre o culto ao automóvel e aos supostos “ídolos” como Ayrton Senna. Piada. Imagina quantos já mataram e morreram por terem esse piloto como herói, como exemplo. Triste. E ainda acham que essas competições são esporte.

    • pois, pior é ver ciclistas defenderem esses “ídolos”…

      • Gosto de F1, MotoGP e defendo o uso da bicicleta como meio de transporte. Estou sendo incoerente? Tento integrar de forma racional, todos os modais (menos moto) no meu cotidiano e a bicicleta foi uma redescoberta. Espaços como este são muito importantes para mim, mas acho que não deixarei de gostar de corridas. Espero não estar sendo tb inconveniente.

    • O que é certo, é certo, e errado, errado. Atacar a imagem do esporte automotor não resolve problema algum, pois se não fosse Ayrton Senna, seria o Lampião, ou Minotauros bombados, até o maldito Robin Hood seria ídolo e teria legiões de imitadores – como mostra a História, e mesmo a Psicologia, quem não quer seguir o exemplo do mais forte, mais esperto, mais ligeiro ? Quem não sente orgulho de um brasileiro fazendo bonito na sua especialidade ? Vai torcer contra só porque envolve velocidade ? Futebol envolve contato físico, promove violência e espírito de competição entre os torcedores, corrupção política e a lista é longa. O que fazer ? Banir o esporte? O automobilismo deve sim é ser uma ferramenta educativa, de conscientização, e não com slogans idiotas como “lugar de piloto é na pista” . E dá pra se fazer um bom trabalho de impacto com pilotos de todas as nacionalidades, basta a cruz vermelha, cruz verde, e os órgãos mundiais envolvidos na questão se unirem na resolução . O principal culpado de tudo isso é o governo, aqueles que vocês elegeram.

      No caso do acidente ocorrido na Praça Campo de Bagatelle, existe uma falha grave, pois ali não há em nenhuma entrada ou saída, indicação de que é uma rotatória, e para sê-la não basta ser redonda, existe um padrão e uma norma que regulariza os instrumentos de trânsito e sua sinalização. No caso, uma rotatória não pode ser considerada logradouro ( rua, avenida, praça, alameda, etc ), além disso, uma rotatória deve ter sua área central livre, vazia. E por último, toda rotatória deve ser sinalizada, afim de que se faça observada a preferência de quem circula na mesma, salvo sinalização contrária .

      O que em nenhum momento tira a razão e a justiça do ciclista, sob qualquer circunstância a vida humana deve ser preservada. Uma vez que uma pessoa vai ao chão, tendo me envolvido ou não, não importa de quem é a culpa , o bem estar do outro deve sempre vir em primeiro lugar. Pois se fosse a situação contrária, eu agradeceria por esta cortesia, no mínimo saber se preciso de ajuda.

      A meu ver a situação sai de controle porque o cidadão brasileiro é fútil e ignorante, além de estressado . Isso é uma falha do governo que não educa, não instrui e pensa sempre primeiro no sustento da máquina política. Pouco ou quase nada lhe oferece, e a conta é sempre salgada. Recorde na arrecadação de impostos todo ano, e todo ano arrumam mais e mais desculpas pra criação de novos impostos.

      Banir nossos heróis das pistas ? Com qual direito ?
      Se um livro fala sobre magia negra, ou violência, assassinatos, e os filmes e os jogos da atualidade? Vamos queimar tudo em praça pública ?
      Não é bem assim que a coisa funciona. O erro mais grave da sociedade foi ter aceito sucatear a educação em prol de outras ” prioridades ” mentirosas e de pouca valia prática pra nação como um todo .

      Naquele caso, se o motorista do palio tivesse o mínimo de educação familiar mesmo, teria ao menos parado pra ver o estado do cidadão, oferecer auxílio médico, e mesmo o dano material seria pequeno . Antigamente se fulaninho não trazia essa bagagem de casa, a professorinha megera fornecia durante alguns anos de boa educação, não castigando, mas servindo de exemplo e exigindo de verdade desempenho mínimo na sua sala de aula. Mas daí veio os direitos humanos, estatuto da preguiça, opa, da criança e adolescente e uma série de outras frescuras, pra emburrecer a massa e ficar fácil iludir uma mente fraca . Ninguém percebe nada nessa @#!%$¨#¨* de país ? Vamos brigar pelo que é mais importante, cacilda !! Educação, bom senso , respeito, isso é qualidade de vida .

      Obrigado pela atenção .Com muito respeito à todos.

      Carlos S.

  4. Triste em ler mais um relato desse, mas feliz que você não tenha sofrido nada. Bola para frente Odir. Vamos olhar o ponto positivo, você está aqui para escrever no blog, daqui a pouco tem Tour de France e sábado você vai palestrar para gente.
    Allez maestro!

  5. O pior é que os motoristas sempre colocam a culpa no ciclista, eu disse sempre !

  6. Odir, ainda bem que foi danos apenas materiais e no ego … acho….
    pelo menos vc esta bem.
    faz tempo que penso e repenso … e acho que temos que fazer algo a respeito … não sei como…
    mas o que rolar farei o possível para ajudar.

    abraços
    Mário

  7. Força aí guerrero! Como diz um amigo, é difícil mesmo carregar o mundo nas costas, mas não nos curvemos jamais! Gosto desta versão desse som: “Força, força! Quando bate o pé a porta é com força!”

  8. que covarde esse motorista. ainda bem que vc está bem.
    abraços.

  9. Uma petição alertando sobre a necessidade de instalar um sistema de câmeras no local da infração -crime- seria interessante. Utilizar a nosso favor estas ocorrências, pensar num doc padrão para enviar a CET toda vez que rolar algo com um de nós. Fiquei pensando também que é legal fazer o B.O. documentar a estatística, ir montando um dossiê usando a Associação. ‘Se é que já não estão fazendo algo’. Não sou advogado, mas, seria interessante ter alguém dentro da associação -Ciclocidade- que pudesse desenrolar essas coisas.
    Força ai, espero que pedale muito pela cidade e a favor dela. Sorte nossa e Abs.

  10. Putz!!! que merda!!

    Cara, dá uma raiva… mas a conclusão que cheguei é que não adianta ficarmos assim. Eu mesmo, só estou esperando o dia que vai me acontecer, pois não tem como fugir das estatísticas. Uma hora acontece, e o que não podemos é perder “a calma”, digamos assim.
    Ainda bem que você não se feriu.

    Abraços e vamos manter a nossa civilidade, por que a dos outros já era!!

  11. oi Odir!! Graças a Deus você está bem!! Estamos sempre sujeito a cruzar com irresponsáveis, assassinos, canalhas, ignorantes, como esse aí. O que revolta mais é a falta de fiscalização, impunidade… esse cara vai continuar apavorando. O bombeiro e PM que te socorreram tb não viram o acidente?? não viram a placa ?? Deveria mesmo ter cameras e melhor sinalização nessa rotatória enorme e super movimentada. Vamos continuar lutando! exercendo nossa cidadania, exigindo nossos direitos… pq se depender do poder público e do resto da sociedade que acha que a vida não tem jeito, que estamos submetidos a ficar numa bolha… estaremos perdidos.. Faz uma reclamação sobre este trecho…. que é um perigo para ciclistas e pedestres que transitam por lá… se precisar de ajuda, conte com a gente. Aleluia ODIR!! Viva que você está bem!!! Beijos e abraço para o mestre!!

    • oi celinda! os bombeiros e pms chegaram bem depois do ocorrido. no momento, não havia nenhuma “otoridade” ali. a uns 200 metros, uma viatura da cet vazia. sem ninguém dentro. mas tô vivo. inteiro, como sempre. vaso ruim não quebra….

  12. Odir,
    É péssimo saber destes ocorridos (e que todos ciclistas estão poderão ser os próximos).
    É ótimo saber que você tem determinação para seguir de cabeça erguida, apesar dos danos.

    Abraços!

  13. Esse trecho é sinistro. Moro na braz leme e sei o que é a quela rotatória. Bom, por isso só tem duas opções: ou fica estatelado no chão ou corre e lança a bike. Eu tou mais na de lançamento de bike!!! Já que vai ferrar, que ferre ambos os veículos, fato!

  14. É meu irmão, o transito de sampa é uma guerra, não entendo quem quer soltar pomba da paz nisto tudo…naquela sexta uma noite antes da oficina com o Aleba tambem fui atropelado e o cara vazou muito rapido, roda torta, não da chance nem pra ir atraz pra requerer o prejuizo…vamos nos mantendo vivos….não sei ate quando…sorte? prefiro não acreditar nessa…só uma historinha: tenho um amigo que acabou de tirar carta e quando estava fazendo treinamento, numa descida em curva se deparou com um ciclista na contramão, o primeiro instinto foi tirar pra esquerda, sendo a via de mão dupla, o que o instrutor falou? que ele não deveria ter tirado, o ciclista estava na contramão e que no maximo iria cair e ralar o braço, e que jogar o carro pra esquerda, naquele caso, poderia ter acontecido uma batida com outro carro na via inversa, o prejuizo iria ser muito maior..então, concluindo, quem merda esta ensinando os novos condutores de automoveis? …infelizmente, não consigo ver luz no fim do tunel, se não houverem campanhas massivas pra desmontar toda essa carrocracia autoritária, nada vai mudar…
    Apesar de não acreditar em sorte, porque nunca a tive…SORTE AI RAPAZ!! e se tiver alguma pista do meliante, avisa ai que tô na linha de frente !!

  15. Odir,

    Quando tudo isso passar, não abro mão do ano que vem, esperando a lei dos homens.

    Corpo fechado na esquina pro futuro!

    []
    Mig
    Fonte: colagem de “Lado B Lado A” – O Rappa

    • pois é mig, em cada esquina do futuro tem um despacho, quem planta colhe. ele plantou a dele. eu tô indo pegar uma peça que ganhei, uma pedivela linda. prum pingo de azar um monte de sorte. cada um sabe o que faz…heheheh valeu!

  16. Por essas e outras que agora tenho andando com uma câmera filmando todo o meu trajeto. Não sei se vai mesmo servir na hora de fazer um B.O., mas a denúncia, que logo mais também vai estar na net, será feita.

  17. Atropelar e fugir… Se tivesse arranhado o carro com certeza teria parado para chorar o estrago da lata mas quanto vale a vida do outro não é mesmo? Que bom que está bem fisicamente Odir, os machucados da alma aos poucos acalmam e melhoram, não deixemos de acreditar e lutar para que as coisas mudem… Bjo

  18. Putz…comigo quase aconteceu um acidente parecido, no domingo (03/07) às 9:00 hs da manhã. Carro parado no farol da Faria Lima x Cardeal Arcoverde. Quando passei pelo carro, o farol estava vermelho, a motorista acelerou o carro e pegou a minha roda de trás…sorte que eu consegui me equilibrar e não cair, se não ela passaria com o carro por cima de mim e certamente, iria embora. Fiquei inconformada com a frieza da imbecil da motorista que, se quer, pediu-me desculpas. Por essas e outras é que dá muito medo andar de bike por São Paulo.

  19. Caralho Odir! A Praça Campo de Bagatelle é um dos lugares mais inóspitos e hostis pra se pedalar em SP (assim como todas as pontes). Sei que vc sabe disso, assim como sei que as vezes pra evitar um lugar desses teríamos que dar voltas tão grandes que acabamos desistindo e indo pelo caminho mais perigoso mesmo. Merdas acontecem, o problema é que como grande parte dos motoristas está sempre com muita pressa (pra chegar 2 minutos mais rápido em casa) se esquecem que em caso de imprevistos não terão tempo de reação. Por isso existem os limites de velocidade que eles normalmente não entendem “serem tão baixos”. “Daqui a pouco o limite vai ser 20km/h!” Já ouvi esse tipo de babaquice por aí. Força na peruca e nos vemos sábado. Abraço.

  20. Muita força, cara. Temos que resistir bravamente. Talvez num futuro não-tão-distante possamos rir lembrando dessas merdas que acontecem cotidianamente por aí.

  21. Meu carro quebrou a embreagem ontem a noite a 40km da minha casa …

    Estou feliz pois estou de ferias e não vou conserta lo tão cedo. Assim terei 30 dias para pedalar onde eu quiser ir . Já tem uma cidade a 70 km daqui e vou pedalando de Mountain bike. Paguei 180 reais para rebocar o “dinossauro” , que desperdício pois se fosse a bike que tivesse quebrado o que é muito pouco provável , era só pegar uma carona em vários carros e ônibus que passaram …
    O dinheiro do reboque poderia comprar um guidom ou pé de vela novo.
    Acho que o transito na minha cidade é menos violento com relação as bikes….
    Boa recuperação … Muito cuidado … Na sua cidade o povo é muito estressado …

  22. Estive em São Paulo e verifiquei que o transito ai é muito “pesado” mesmo paras bikes…

    Mas enquanto eu estava ai tive uma noticia triste, aqui em Montes Claros MG um ciclista que era enfermeiro morreu atropelado por um motorista alcoolizado : http://montesclaros.com/noticias.asp?codigo=54836

    O Povo esta refém dos irresponsáveis ao volante.

  23. Pingback: são paulo tem jeito, mas o problema é o carro. | as bicicletas

  24. Gente preciso de muuuita ajuda, tenho 13 anos ,hoje fui andar de bicicleta e um carro me atropelou, um homem veio me ajudar e o motorista que me atropelou também, a bicicleta ficou estragada, agora estou com um pedaço da perna inchada e com ematomas nela, meu corpo está doendo, meu braço doi muito, mas oque me doi mesmo é as pernas pra cima, não contei pros meus pais e não quero contar, gostaria de saber se preciso realmente tomar uma decisão, ou fingir que estou bem e que não aconteceu nada?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s